segunda-feira, 29 de junho de 2015

OCDD PARTE 5

     Depois de altas bugagens na hora de hospedar a Hq, finalmente consegui publicar em flipbook o quinto capítulo de OCDD.
     Realmente tem poucas paginas este episódio,mas não foi por pura preguiça não. É que eu sempre encerro o episódio no momento de clima maximo (existe expressões mais adquadas para isto,mas esqueci o termo). Se eu escrevesse um quadro a mais, seria o bastante pra estragar o drama.
     Além do mais, escrevi até de mais, se considerar que na versão original, esse episódio inteiro eram apenas 7 quadros.
   
CHEGA DE ENROLAÇÃO E POSTA ESSA BOSTA
("bosta" para poder rimar com "posta"!Não tô falando que a Hq é uma bosta, pelamor ein, se não espanto os leitores antes mesmo de abrirem a revista)

CLIQUE NA IMAGEM PRA ABRIR A REVISTA




Obs:
A capa ficou zuada por que eu fiz ela em dimensões totalmente diferente de todo o resto da Hq.

Obs 2 : Oh! Agora que me dei conta!consegui publicar dois episódios de OCDD no mês de junho!
Iuhu!

sábado, 20 de junho de 2015

OCDD PARTE 4

     Hoje tá frio pra burro e foi um saco escrever com meus dedos congelando,mas enfim terminei o capítulo 4 do calendario do dragão!talvez se eu tivesse bebido menos durante o mês e aproveitado mais minhas folgas, eu já tivesse terminado o capítulo 5.

PRA LER O BAGULHO, CLICAÍ NA CAPA DA BAGAÇA!

clica na imagem pra entrar na revista

      Mas enfim, a verdade é que só não bebi hoje por que amanhã tenho que ir no dentista de manhã, e depois trabaiar no arraiar, pois é tempo de festa junina!

domingo, 14 de junho de 2015

TRIBUTO A MANDROVA METACRITICA

     Eu fiz uma história junto com Pô (ou "paulada verbais",conforme se auto-proclama esse zé ruela), que não nos lembramos de colocar título na época. Mas para não ficar seco, coloquei o título de "História Chata" mesmo (isso mais de 10 anos depois).
clica aí na img pra ler a Hq
     Acho que eu tinha 13 anos quando escrevi essa Hq. E era época de volta as aulas, o que nos deu uma gota de inspiração.
     O esquema de parceria cá entre nós era uma coisa do tipo "pensa rapido", quase um daqueles duelo de moda de viola.
      Funcionava com "faz um quadro que eu faço o próximo".Muitas vezes isso acabava em briga por causa da súbita esculhambação que poderia acontecer a qualquer momento, dependendo apenas do senso de humor do proximo que fosse escrever um quadro.
      No caso da "História Chata", se bem me lembro quem esculhambou a história foi eu,graças ao meu arrogante personagem que deixou o Pô puto e por isto mudou bruscamente o ambiente da história (provavelmente para tirar meu personagem de cena).
      Com a mudança repentina de cenario, quem ficou puta foi eu, e dei um jeito de matar todo mundo na história.
      Provavelmente brigamos mas depois tentamos escrever uma nova história.Na época não demos título nenhum,mas para publica-la on-line eu entitulei de "OS MAGOS ". 
clica aí na img pra entrar na Hq
      Mas essa Hq também não deu certo por causa que eu criei outro personagem ainda mais arrogante que o da história anterior, e por vingança Pô deu um jeito de mata-lo no final (ou eu mesma acabei levando ele a morte por causa do excesso de estúpidez).(oh!eu estou spoilando a mim mesma)!
MAGO LUAR NEGRO, meu personagem  
     Acho que Os magos foi a gota d'agua para a saúde de nossa parceria, pois depois dessa, nunca mais Pô e eu escrevemos juntos.
     Mesmo assim continuei escrevendo Hqs em "parceria" com Maracotango (e pode se dizer que fazemos "parceria" até hoje.Pelo menos no projeto de O Calendario do Dragão).
     Só que a diferença é que quando eu fazia parceria com Maracotango, geralmente quem melava o enredo da história era ele.Não que os personagens dele fossem algo irritante, mas a verdade é que ele quase sempre ficava com preguiça no meio da história e começava a fazer paginas inteiras com um só rabiscão (isso já me deixava uma fera, pois para mim era ultrajante desperdiçar uma pagina inteira pra fazer um desenho só).E pra piorar, esses "rabiscões" geralmente eram caricaturas minha (que mais parecia o jabba do star wars).
     Mesmo assim eu publiquei on-line CARRUAGEM DO CÉU,  história criada em parceria com Maracotango. Cortando apenas as cenas em que ele havia colocado minhas caricaturas, evidentemente.
CLICA AI NA IMG PRA VER A HQ
     Apesar do final absurdo da revista, ela teve um "segundo episódio", só que este era meio hentai e foi direto para o lixo.
     Mas enfim, essas Hqs eu publiquei originalmente no blog Mandrova.
     Alias, minha intenção originalmente era usar aquele blog somente para postar Hqs e desenhos,mas como o trabalho final publicado no blog era simplesmente monstruoso, acabei perdendo o entusiasmo e abandonando o blog (embora ele ainda exista).
     Como uma homenagem póstuma em memória do Mandrova (ou por zueira, mas da na mesma),eu resolvi fazer uma Hq com o título " TRIBUTOS A MANDROVA METACRITICA ", onde fiz uma "coletanea" das histórias publicadas naquele blog zumbi (já que é um blog nem morto nem vivo).
minha intenção era desenha-las com chapéis de coeio,mas acabou
virando chapéis de burro mesmo!
     Na verdade, eu havia publicado no Blog Mandrova uma quarta Hq, que eu dei o título de T.R.A (história escrita 100% por Maracotango).
     Mas essa eu a principio me neguei a republica-la por que era ruim de mais.O enredo era uma caca e o desenho um verdadeiro pesadelo de cair minha cara de vergonha!
     Depois eu pensei "Foda-se".
     E republiquei assim mesmo.
     Mentira, por que T.R.A eu não tive coragem de republicar com o desenho original não. Redesenhei uns 50% das paginas.
     Foda-se do mesmo jeito.

sábado, 13 de junho de 2015

MÊS DE JUNY

capa que eu não usei
      Eu iria postar hoje o quinto capítulo de O calendario do dragão,mas... não,eu não estou bêbada!Apenas calculei errado, e vejo que vou levar alguns dias a mais para terminar tal episódio!
     Então já que estamos em Junho,vamos falar da Juny.
esta Juny!achou que fosse a do cdz?alias aquela é "Juny"ou "June"?
E por que falar desta Barbie genérica de óculos?

     Bem, por que nem na época em que Maracotango criou essa personagem (por volta dos anos 2000) ele não gostava dela.Alias, ele sempre a odiou! 
     Ele disse que Juny seria uma menina "doce como o mel",mas isto seria muito chato e logo ele descartou essa possibilidade, dando um jeito de bani-la de uma vez do enredo da história.
     Francamente, nesta versão reescrita por mim, Latão, devo confessar que a Juny conseguiu ficar ainda mais chata do que já era antes!
     Mas não fiz de propósito!Acontece que tive que inserir mais falas nela pra poder enrolar pelo menos uns 3 ou 4 capítulos com ela, e evidentemente, quanto mais ela falar,mais chata ela vai se revelar.
      Ainda bem que ela não faz parte dos personagens principais!
juny na versão game (vish)
      Na primeira vez que o Maracotango a desenhou, se não me engano ela deveria ser uma mulher toda gostosona,mas deu no que deu!
      E ainda lembro que da primeira vez que eu arrisquei fazer um fan-art da Juny, ela ficou toda torta e com um baita bundão no lugar das costas , e Maracotango odiou o desenho.
      Eu não gostava muito de desenha-la!E continuo não gostando, pois ela tem uma roupa muito esquisita e é um saco desenha-la com aquelas ombreiras escrota!
      Além do mais, tive que desenha-la com um acessorio que não existia (no caso, uma simples bolsa), por que no roteiro da história, Juny tem muito dinheiro e até anda armada,mas aí me pergunto:

   -Onde ela guarda essas coisas, se ela nem tem bolsos? (isso me faz lembrar CDZ e a questão de onde eles guardavam as safiras de Odin!A teoria mais aceita é que eles guardavam tudo no rabo).
ops!esqueci de desenha-la com a ombreira

     Sei que numa história onde os personagens chegam a conversar até com pedras de crack não precisa ter muita lógica,mas aí também é abusar!
Outra coisa:
      Eu acho que a Juny é uma elfa ,mas isto é algo que eu nunca perguntei pro criador dela (ou se perguntei,nem lembro).

domingo, 7 de junho de 2015

UMA TERRIVEL HISTÓRIA

     Hoje é um típico domingão de ressaca! O que quer dizer que pelo menos desta vez eu estou blogando sóbria (o que é uma raridade neste blog).

     "A terrivel história" que coloquei no título da postagem, é referencia a L.H.M ,uma das primeiras HQs que eu disponiblizei on-line ( ela já existiu também no Latão Blog e aqui no Latão Artes).
        Só que dois anos depois acabei removendo-a da internet, (acho que só esta ativa no site da Calaméo. Mas é tão dificil de acha-la que nem fiz questão de remove-la!Ninguem vai ler mesmo, então que se dane.Só se eu tiver muito azar).
       O motivo inicial de remove-la foi simplesmente por que eu pretendia arte-finaliza-lo (pois foi publicado basicamente um scanner) e depois iria colocar de novo on-line.
capa original dessa bagaça
   
      Mas aconteceu algo que não tava nos meus planos: eu li a história, e achei uma droga!
      O desenho não era o principal problema, mas sim o próprio roteiro que é uma verdadeira porcaria (em outras palavras: nada se salva!um caso perdido!).



A HISTÓRIA DA HISTÓRIA

      O motivo dessa história ser um lixo, é que ela simplesmente já deveria ter ido pro lixo a pelo menos uns 10 anos atras.
      Quando a escrevi ela não foi feita para ser lida, ou seja , escrevi só pra mim mesma (poxa,como eu era egoísta).
      O roteiro original tinha sido "inspirado" em Saga Frontier. 
      Mentira!
      Na verdade era a maior cópia descarada do roteiro da lady Asellus.
que braço esquisito
Só não era um plágio completo  por que eu não entendia direito o roteiro do jogo (por que meu inglês era péssimo) e por algum motivo que eu não lembro,eu adaptei a parte dos personagens serem místico para vampiros. 
       Mas pelo menos os personagens eu criei por conta própria (mesmo por que aqueles blocos de pixeis eram indecifraveis).
       Bom, na época que eu havia escrito eu era uma gótica mongolóide que vivia bebada (pensando bem,não mudei muito de lá pra cá),mas de um modo ou de outro arranjei tempo pra escrever essa droga.Só que logo depois eu simplesmente me esqueci que eu tinha escrito, e as paginas tinham ficado perdidas.
protagonistas dessa bagaça
       Mas como na época que eu escrevi, ao invés de usar prancheta eu usava livros de capa dura, ocorreu que logo após eu escrever as paginas da história eu enfiei elas dentro do livro, e deixei guardado por anos.
       Anos mais tarde quando eu tava fuçando livros velhos eu me deparei com as folhas daquela hq , e então finalmente me lembrei da história.
       Na época em que a HQ ressurgiu ,de cara eu achei uma desgraça de roteiro, mas os personagens eram legais, então acabei usando eles em outras história.
definitivamente essa cena não existia na história original
       Muito mais tarde, quando eu tava fazendo uma limpeza nas minhas papeladas, me deparei de novo com essa história idiota, e fiquei na dúvida se jogava ou não no lixo.Mas fiquei com pena por que era uma história tão escrota que fugia dos meus padrões e seria um desperdício joga-la no lixo.Mas aí pensei :
       "E se alguém ler essa merda?"
 
        Então inicialmente decidi apenas redesenha-la.Mas a medida que eu redesenhava eu ia dando algumas alteradas no roteiro, e no final acabou a história  totalmente distorcida. 
        Na verdade, a única coisa que sobrou do roteiro original foram dois palhaços que apareciam nas primeiras paginas (que sinceramente eu não sei por que diabos eu havia inserido palhaços numa história de vampiros).
uma cena dessas acaba totalmente com o clima melancólico
       Outra coisa que não entendi é o por que, com tantas histórias que eu já escrevi, resolvi publicar on-line logo essa que até eu acho horrivel.
       Na verdade sou tão confusa e indecisa comigo e com minhas coisas, que na hora de encerrar a história fiquei na dúvida de qual final menos ruim, e escrevi 3 finais alternativos (e publiquei todos eles, claro).
       
       Originalmente a história não tinha título, então coloquei o nome de L.H.M em homenagem a mim mesma, assim como o nome dos protagonistas.
       Eu sou uma egoísta desgraçada mesmo!
       Fuck!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...